Pré-candidato a vereador critica atuação da Câmara Municipal de Pombal denominando de absurdo

Data: 7 de maio de 2020

 

O pré-candidato a vereado Joaquim Adonias Dantas Neto (Saburá) participou, na última quinta-feira, do programa Cidade em Movimento apresentado pela Rádio Bom Sucesso FM.

Conhecido pela personalidade polêmica respondeu indagações sobre as eleições deste ano, a sua saída do PSDB e o ingresso na nova legenda MDB capitaneada pelo prefeito Verissinho, a atual realidade administrativa de Pombal, os diversos problemas que ainda persistem, ausência de obras, a falta de apoio ao esporte amador da cidade, a visão política para a disputa em termos de forças em nível municipal, a possível existência de novos nomes no cenário como um projeto novo, além de outros temas.

Um posicionamento que chamou a atenção durante a participação foi o relacionado às pesadas críticas que o “pré-candidato” tem direcionado a atuação legislativa municipal.
Saburá tem usado muitas vezes as redes sociais para questionar comportamentos, posicionamentos e até decisões de alguns vereadores.

O apresentador do programa, Marcelino Neto, chegou a questionar diante das críticas direcionadas aos edis pombalenses se ele (Saburá) estivesse atuando na Casa de Avelino Queiroga Cavalcanti mudaria a situação que hoje é tanto criticada por ele?

Como resposta Joaquim Adonias enfatizou que talvez não mudasse tal situação em virtude de que cada vereador tem um direito próprio de atuação, porém considera alguns absurdos que têm sido promovidos na casa notadamente no espaço da tribuna.

Em outro momento chegou a afirmar: “Eu fiquei escandalizado e a cidade se escandaliza até hoje o porquê de vereador querer receber décimo terceiro retroativo” disse, se referindo a uma ação impetrada no Ministério Público em busca desse “direito”.

“É a câmara demonstrando a população que não quer resolver o problema da cidade e da população”, enfatizou.
Outras situações, com relação à atuação parlamentar, também foram apontadas a exemplo de comissões que não atingiram os seus objetivos na casa.

O “Cidade em Movimento” deve receber nesta semana vereadores para tratar e explicar posicionamentos quanto ao que foi dito por Joaquim Adonias Dantas Neto.

Fonte Marcelino Neto



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  • Pesquisar: