Juiz extingue processo contra ex- prefeita Pollyanna Dutra, de Pombal

Data: 29 de março de 2019

 

Em decisão publicada no diário da Justiça desta quinta-feira, 28 de março , o Juiz de direito Dr. Rusio Lima Melo, da Meta 4

 

 

Em decisão publicada no diário da Justiça desta quinta-feira, 28 de março , o Juiz de direito Dr. Rusio Lima Melo, da Meta 4 declarou extinta a punibilidade da ex-prefeita de Pombal Pollyanna Dutra, atualmente no exercício do cargo de Deputada Estadual(PSB).

O obejeto da ação diz respeito a contratação de serviços para transporte escolar de alunos do ensino médio e fundamental através de veículos inadequados. O representante do Ministério Público da Comarca de Pombal porpôs uma pena em abstrato de 03(Três) meses a 03(Três) anos de detenção pela ocorrência de crime comum.

Segundo o MP, as condutas ocorreram no exercício de 2009, quando a acusada exercia o cargo de prefeita do município de Pombal, se enquadrando nos delitos do artigo 132 do Código Penal e Artigo 1º do Decreto-Lei nº 201/67.

O magistrado que promoveu a sentença declarou extinta a pretensão punitiva do Estado da acusada, nos termos dos Artigos 107, Inciso IV e 109, IV, do Código Penal.

A defesa da ex- prefeita e atual Deputada federal Pollyanna Dutra foi patrocinada pelos advogados Johnson Gonçalves de Abrantes e Bruno Lopes de Araújo.

FONTE: Repórter PB

HASHTAGS: justiça. pombal, prefeita, pollyana, sertao, meta4



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  • Pesquisar: