Pollyanna Dutra propõe criação do Fundo Estadual de Combate ao Câncer Propositura foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares da ALPB e segue para apreciação do governo

Data: 27 de dezembro de 2021

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que, somente neste ano, sejam registrados quase 6 mil novos casos de câncer, de todos os tipos. Do total, 1.120 casos são apenas de câncer de mama, conforme a estimativa. Os dados alarmantes, que ainda devem ser agravados com a pandemia, que tardou os diagnósticos, foram um dos motivadores da indicação ao Governo do Estado do Projeto de Lei nº 987/2021, de autoria da deputada estadual Pollyanna Dutra, que propõe a criação do Fundo Estadual de Combate ao Câncer. Conforme a parlamentar, a matéria objetiva auxiliar quem mais precisa.

“Lá no Sertão vemos de perto a dor de quem precisa de um tratamento e não tem acesso. Temos poucas unidades especializadas no tratamento do câncer e muitas delas dependem de auxílios constantes para sobreviverem, como é o caso do Hospital Laureano e do Hospital da FAP”, destacou a parlamentar, que revelou ter destinado Emendas Impositivas para as duas unidades. “Destinei R$ 100 mil em Emendas Impositivas para cada uma das unidades, contudo nós vemos de perto o quanto isso ainda é pouco. A criação do Fundo vai garantir sustentabilidade a esse projeto, que, acima de tudo, salva vidas”, pontuou.

Pollyanna Dutra ainda alertou para o agravamento dos casos de câncer durante a pandemia. “Enfrentamos diversos problemas durante essa pandemia, que chegam muito perto de nós, desigualdades que afastaram as pessoas dos seus direitos. E um dos maiores problemas que destacamos é a negligência quanto ao tratamento do câncer. Por medo, alguns pacientes interromperam seus tratamentos ou, pelo difícil acesso, não fizeram o rastreio da doença, visto que os hospitais estavam focados na pandemia. Com isso, agora muitos chegam ao serviço em fase agressiva da doença, muitas vezes em fase terminal”, alertou.

“Para se ter uma ideia, os exames de mama diminuíram em 50% durante o período de pandemia enquanto os exames para rastreio do câncer de próstata diminuíram em 30%. Os casos, após a diminuição da pandemia, têm chegado com muitas complicações e alta complexidade, o que nos traz a necessidade de elaborar o quanto antes um planejamento para lidar com uma epidemia que deverá suceder a pandemia que vivemos. Esse Fundo, nesse aspecto, representará um apoio em médio e longo prazo às famílias que lutam por suas vidas no nosso estado enfrentando esse grande mal, que é o câncer”, completou.

*Sobre a Indicação*
A criação do Fundo não pode ser uma propositura do Poder Legislativo devido à competência dos poderes, motivo pelo qual a deputada Pollyanna Dutra propôs a matéria por meio de um Projeto de Indicação. Conforme a indicação proposta pela deputada Pollyanna Dutra, é sugerida ao Governo do Estado ficará a instituição do “Fundo Estadual de Combate ao Câncer”, com o objetivo de garantir maior qualidade de vida e da saúde pública para população do Estado da Paraíba, que sejam diagnosticadas com câncer, cujo recursos serão exclusivamente aplicados em ações destinadas ao diagnóstico e tratamento adequado da doença.

Confira a indicação da deputada na íntegra com os pormenores a respeito do Fundo Estadual de Combate ao Câncer:

http://sapl.al.pb.leg.br/sapl/sapl_documentos/materia/88432_texto_integral Fonte Assessoria



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


  • Pesquisar: