OPERAÇÃO POLICIAL NO SERTÃO CAPTURA CINCO PRESOS QUE REVIDARAM CONTRA AS EQUIPES DAS POLICIAS

Data: 12 de junho de 2020

 

POLÍCIA CIVIL e a POLÍCIA MILITAR do Estado da Paraíba, com apoio das Polícias Civil e Militar do Estado do Ceará, deflagraram, no início da noite de ontem, na cidade de Cachoeira dos Índios-PB, uma operação para prender cinco criminosos que reagiram a uma abordagem policial e efetuaram disparos de arma de fogo contra as viaturas do GTE (Grupo Tático Especial) da Polícia Civil e do BOPE da Polícia Militar, dando origem a uma perseguição que terminou com os indivíduos perdendo o controle do veículo, abandonado-o e adentrando ao matagal localizado na zona rural do município de Cachoeira dos Índios-PB. Durante a perseguição, um policial militar do BOPE e um popular foram atingidos com um disparo de arma de fogo. Ao entrarem para o matagal, as polícias da Paraíba entraram em contato os policias do Estado do Ceará, ocasião em que fora realizado um grande cerco, com os policiais estrategicamente posicionados durante toda a madrugada. Ao amanhecer o dia, através das diligências realizadas, os cinco indivíduos foram identificados, sesndo três menores e dois maiores. No início da manhã, as equipes policiais apreenderam dois menores nas proximidades do Posto Arizona, município de Cachoeira dos Índios-PB. Por volta do meio dia, no Sítio Taboca, ainda em Cachoeira dos Índios-PB, foi apreendido outro menor identificado como filho do líder do grupo. As diligências continuaram e, por volta das 16h, no Sítio Felizardo, município de Ipaumirim-CE, foi localizado e preso o indivíduo apontado como o chefe da quadrilha, “JARDEL DE CACHOEIRA”. Um único elemento continua foragido, mas já identificado pela polícia. Após quase 24h de diligências ininterruptas, a operação foi concluída com sucesso. De acordo com o Tenente Coronel Terceiro, Comandante do 6º BPM, de Cajazeiras-PB, a união entre as polícias foi fundamental para possibilitar uma resposta rápida e eficiente. O Superintendente do sertão Sylvio Rabello e o Delegado Seccional Glauber Fontes também ressaltaram a integração entre as forças de segurança e disseram que esse tipo de prisão é exemplar, tem um efeito muito positivo para a população dos Estados da Paraíba e do Ceará. Tanto o policial militar quanto o popular da cidade de Cachoeira dos Índios, que foram atingidos, não tiveram ferimentos graves e já receberam alta médica. Fonte: 3a Superintendência de Polícia Civil . Patos/PB



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  • Pesquisar: