Em Coremas a Polícia Civil prende homem suspeito de praticar estupro de vulnerável contra sua enteada

Data: 11 de junho de 2020

OPERAÇÃO INOCÊNCIA ROUBADA – A Polícia Civil, através da 17ª DSPC, situada na cidade de Itaporanga, deflagrou a OPERAÇÃO INOCÊNCIA ROUBADA, que consistiu no cumprimento de um mandado de prisão preventiva contra uma pessoa acusada de ESTUPRO DE VUNERÁVEL.
No dia 08/06/2020, a Polícia Civil, através da Delegacia municipal de Coremas/PB, tomou conhecimento de que um homem havia estuprado sua enteada, a denúncia foi feita pela mãe da vítima, então companheira do acusado, ela soube dos estupros porque teria visto uns vídeos, gravados pelo próprio acusado, onde aparecia o mesmo tendo relações sexuais com a menor.
De posse desses vídeos a mãe da vítima a levou até a delegacia, e no seu depoimento a criança revelou que os estupros vinham ocorrendo desde 2017, quando tinha 11 anos, e eram de forma contínua, sempre que sua mãe saia de casa o padrasto lhe estuprava, e gravava os vídeos no celular, ele ordenava que a criança sorrisse para os vídeos, a vitima disse que quando chorava ele apagava o vídeo e a obrigava a gravar de novo.
A criança ainda revelou que o padrasto lhe ameaçava, dizendo que mataria sua mãe ou qualquer outra pessoa a quem ela contasse.
A prisão foi efetuada por policiais da delegacia da cidade de Coremas/PB e do Grupo Tático Especial da 17 º Delegacia Seccional de Polícia Civil de Itaporanga/PB.
O acusado foi preso e está à disposição da justiça, o inquérito assim que concluído será enviado par ao judiciário.
Os nomes da vítima ou seus familiares será preservado, e o nome do acusado não poderá ser divulgado por determinação da Lei de Abuso de Autoridade.
Polícia Civil da Paraíba, investigação efetiva, sociedade protegida.fonte policia Civil com João Alencar



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  • Pesquisar: