Ataque na Catedral: escolha de local por atirador que matou 5 foi ‘aleatória’, diz Polícia Civil

Data: 21 de dezembro de 2018

A Polícia Civil afirmou, nesta sexta-feira (21), que a escolha de Euler Fernando Grandolpho para cometer um ataque que acabou na morte de 5 pessoas na Catedral de Campinas (SP) foi “aleatória”. De acordo com a investigação, a motivação do crime foi a necessidade do autor chamar a atenção das autoridades por se sentir “perseguido”. A tese foi desenvolvida por análises de anotações e áudios apreendidas na casa do atirador.

Segundo o chefe da Polícia Civil em Campinas, José Henrique Ventura, não foi constatado nenhum tipo de ligação ou problema do autor, que se matou após o ataque, com religião, o que fez a investigação descartar que a Catedral foi um local escolhido de maneira proposital. Em um dos trechos do diário que ele escrevia, Euler fala em fazer algo grande.

— Fonte: Portal G1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  • Pesquisar:
  • Enquete

    Quem será o prefeito de POMBAL em 2020?

    Ver resultados

    Carregando ... Carregando ...